Carey

William Carey (1761-1834)
"o Pai das Missões Modernas"

Poucos nomes na história de missões mundiais são tão conhecidos quanto o nome de William Carey. Chamado "o Pai das Missões Modernas", Carey nasceu na pobreza, mas deixou sua marca em missões que duraria por centenas de anos. Seu renome se dá principalmente pelo trabalho na área de tradução das Escrituras e pela fundação do primeiro seminário bíblico na Índia. Carey viveu uma vida longa e fascinante.

O texto a seguir é uma breve introdução da vida e ministério do missionário batista William Carey.

Apesar de não ter educação formal, Carey se tornou conhecido por seu trabalho de tradução. Aos doze anos de idade, enquanto aprendia latim por conta própria, Carey descobriu uma paixão e talento para línguas. Aos 21 anos, ele havia aprendido sozinho latim, grego, hebraico, e italiano. Até o momento da sua morte, tinha traduzido a Bíblia para as línguas Bengali, Sânscrito, Panjabi, e Marata.

Enquanto trabalhava como sapateiro, Carey passava o tempo lendo. Um livro em particular mudaria sua vida para sempre. Em 1785, Carey leu os diários pessoais do famoso explorador britânico do mar, Capitão James Cook. Imediatamente, ele ficou preocupado, pois enquanto o império britânico foi se expandindo para as partes desconhecidas do mundo, o Evangelho não foi.

Sua paixão pelos povos perdidos do mundo continuou a crescer. Ele se preocupava em ver que a igreja precisa fazer mais para alcançar o mundo. Durante uma assembléia, Carey levantou-se e compartilho sua preocupação. Uma das líderes do grupo respondeu assim, "Jovem, se assente! Quando Deus resolver converter os pagãos, o fará sem a sua ou a minha ajuda." Mas Carey continuou a sua divulgação pró-missões estrangeiras e, tomando Isaías 54.2 como texto, pregava sobre o tema: "Esperai grandes coisas de Deus; praticai proezas para Deus."

Carey serviu por mais de 40 anos na Índia. Durante esse tempo no campo missionário, ele lutou contra o sistema de castas da Índia, a prática da auto-imolação das viúvas e o infanticídio. Ele traduziu a Bíblia inteira para 5 línguas indianas e partes da Bíblia para mais de 20 línguas. Com os colegas, ele fundou a faculdade de Serampore, uma escola de treinamento para pastores e missionários. Além disso, ele ajudou a conduzir mais de mil indianos a Cristo, os quais abandonaram o sistema de castas.

Mas talvez o legado mais duradouro de Carey seja a marca que ele deixou na Igreja Ocidental. Carey nos traz à lembrança que Deus ainda não terminou Seu plano de redimir o mundo. Durante o século XIX, houve um grande ressurgimento de esforços missionários nas igrejas protestantes. Não apenas na Inglaterra, mas também nos Estados Unidos, no Canadá, e nos países da Europa. Novas sociedades missionárias foram criadas e começaram a enviar missionários para os campos.

Verdadeiramente, Carey estava certo quando disse que deveríamos: "Esperar grandes coisas de Deus e praticar proezas para Deus."

A vida de Wiliam Carey.

  • 1761 Nasceu na Inglaterra
  • 1776 se tornou aprendiz de sapateiro aos 15 anos, um ofício que ele exerceu por mais de 12 anos.
  • 1776 se converteu, depois de muitos meses de debate sobre assuntos religiosos e espirituais com John Warr, um companheiro aprendiz de sapateiro.
  • 1779 Saiu da Igreja Anglicana e se uniu a um novo grupo chamado de "dissidentes", que mais tarde veio a ser a igreja Batista.
  • 1781 aos 20 anos de idade, Carey casou-se com Dorothy Plackett, a cunhada do seu chefe. Eles tiveram seis filhos (2 meninas e 4 meninos). Infelizmente, as duas meninas e um menino morreram na primeira infância.
  • 1783 foi batizado.
  • 1785 foi reprovado em seu exame de pregação para ordenação.
  • 1787 foi ordenado.
  • 1789 se tornou pastor de uma igreja batista em Leicester, na Inglaterra.
  • 1792 publicou sua famosa obra, "Uma averiguação da obrigação dos cristãos de usar meios para a conversão dos pagãos." Nos anos que se seguiram, esse livro mobilizou milhares de cristãos para missões transculturais.
  • 1792 os Careys partiram rumo à Índia.
  • 1794 seu filho, Peter, morreu de escarlatina aos cinco anos de idade.
  • 1800 Carey batizou, no rio Ganges, seu primeiro convertido ao evangelho!
  • 1801 Traduziu o Novo Testamento para a língua Bengali.
  • 1809 Terminou a tradução integral da Bíblia para a língua Bengali.
  • 1818 Fundou a faculdade de Serampore, escola de treinamento para pastores e missionários indianos.
  • 1834 aos 73 anos de idade, Carey morreu tranqüilamente em seu sofá favorito no escritório da universidade.

Eu o encorajo a ler mais sobre esse homem incrível e o trabalho que ele fez por nosso Senhor. Nosso livro Perspectivas no Movimento Cristão Mundial (Vida Nova) tem dois artigos sobre este grande homen: #39 "Uma investigação sobre o dever dos cristãos"por William Carey e #40 "Quem realmente foi William Carey?" por Vishal e Ruth Mangalwadi.

Também, o livro Fiel Testemunha: Vida e obra de William Carey é um excelente recurso.

© 2010 Perspectivas Brasil e Perspectivas no Movimento Cristão Mundial. Drupal theme by Kiwi Themes.